Erro
  • RokCommon: Unable to find the RokCommon library at /var/www/vhosts/wesleymatos.com.br/httpdocs/components/com_rokcommon

patrocinadores

Wesley praia

Wesley Matos disputa, no próximo sábado (20), o Campeonato Cearense de Sprint Triathlon que acontece na praia do Cumbuco. Em meio ao seu período de base, o triatleta participa da prova como treino, em preparação para o início da temporada internacional 2016, que começará no próximo mês de março.

"Para mim é sempre muito bom competir em casa, encontrar os amigos do esporte, levar a família para assistir. Venho de um período de muitas horas de treino, o cansaço é extremo e não poderei descansar para essa prova, pois em mais algumas semanas começa a temporada internacional. Mas será uma ótima prova para poder analisar como está o rendimento, ver como me sinto nessa primeira prova do ano e também para poder começar a entrar no ritmo mais forte", explicou.

DSCF3948

O triatleta Wesley Matos está fazendo seu período de base de treinos intensos em casa. O cearense está de volta à Fortaleza, seu principal local de treinos para a pré-temporada, na atualidade.

O período de base é de suma importância, pois é quando os atletas se preparam para as principais provas de triathlon do circuito mundial. "Nos meses de janeiro e fevereiro o objetivo principal é focar no treino e fazer uma boa base. Atualmente estou treinando entre 6 a 8 horas diárias, 7 vezes por semana", diz Wesley, explicando que a natação é feita na Hedla Lopes Academia e o trabalho de força na Mega Gym. "Ambas possuem uma ótima estrutura para o que preciso e os treinos ao ar livre variam de acordo com o dia. Uma das características de treinar em Fortaleza é o forte calor, onde os treinos acabam sendo um pouco mais desgastantes, porém também existem certas vantagens com isso", acrescenta.

A primeira prova internacional de 2016 para Wesley Matos acontecerá no dia 21 de fevereiro, em Mendoza, na Argentina. Logo após, no dia 6 de março, o triatleta participa da etapa Caiobá do Circuito Nacional Sesc Triathlon e, em seguida, no dia 20 de março, ele participa do Campeonato Sul-Americano, em Val Paraíso, no Chile. Nos intervalos destas competições, o cearense participará de algumas provas locais como treino.

"As duas provas internacionais tenho como objetivo subir posições no ranking mundial e estar pronto para largar as etapas de copa do mundo posteriormente", comenta Wesley, que é o 4º melhor brasileiro no ranking olímpico da ITU (International Triathlon Union). Cauteloso, ele afirma que somente após essas competições é que poderá traçar os próximos passos e ter ideia do que será possível conquistar em 2016.

"Estou motivado em estar em casa diariamente. Estou conseguindo fazer bons treinos, ao lado das pessoas que gosto e podendo curtir as provas locais, a torcida e o apoio de todo o publico cearense, que é fiel torcedor do meu trabalho. Acredito que toda a experiência que adquiri treinando fora do país foi muito boa, agora posso colocar em prática com mais experiência e mais vivência. 2016 será um grande ano", declara confiante.

IMG-20151119-WA0001

Desde que se tornou 3º Sargento do Exército Brasileiro em 2010, Wesley Matos participa do estágio de reciclagem, realizado todos os anos, e que tem a finalidade estreitar o contato dos atletas de alto rendimento com as funções militares. Neste ano, para realizar a atividade, o triatleta permaneceu na sede da Comissão de Desportos do Exército (CDE), de 15 a 18 de novembro, no Rio de Janeiro (RJ).

O cearense explicou que, durante o período do estágio, os atletas de alto rendimento realizam as atividades do Quartel, testes de renovação, como o Teste de Aptidão Física (TAF) e o Teste de Aptidão de Tiro (TAT), além da inspeção de saúde. Normalmente, o estágio é promovido no final de cada ano quando a maioria dos atletas já encerraram suas temporadas de competição.

"É muito legal esses dias no Quartel. Apesar de ser bastante puxado, aproveitamos muito a oportunidade. Além do contato com outros grandes nomes do esporte nacional, desempenhar as funções militares é uma honra para mim. Orgulho da farda verde oliva", comentou ele quem obteve nota máxima no TAT, pelo sexto ano consecutivo.

Desafio Rei e Rainha do Mar

De volta à Fortaleza, Wesley Matos participa neste domingo (22) do Circuito Rei e Rainha do Mar, que, pela primeira vez, será realizado na Praia de Iracema. O evento, que há sete anos acontece no Rio de Janeiro, terá sua versão itinerante completa, com todas as modalidades: Beach Run (5 km de corrida), Sprint (1 km de natação), Classic (2 km de natação), Beach Biathlon, (1 km natação + 2,5 corrida), SUP Fun Race (4 km e 8km de stand up paddle) e a desafiadora Challenge (4 km de natação).

Wesley Matos faz parte do Projeto Rio Maior 2016, é patrocinado pela Asics e pela Unimed Fortaleza, tem parceria da Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri) e do Exército Brasileiro.

Acompanhe as novidades do triatleta também pelas redes sociais Facebook e Twitter @WesleyMatosTRI.

IMG 9326

Wesley Matos seguiu para seu último desafio internacional do ano, no dia 15 de novembro. O triatleta desembarcou em Buenos Aires, na Argentina, para disputar a Copa Final Americana de Triathlon, realizada na distância olímpica e que contou com a presença de 5 brasileiros e alguns dos mais fortes atletas das Américas.

"A temporada de 2015 foi bastante puxada. Vamos com as forças que restam para a última prova internacional do ano, buscando subir mais algumas posições no ranking mundial", comentou o triatleta que buscou somar bons pontos na ocasião.

Após essa competição, Wesley Matos participará apenas de provas locais, em Fortaleza. "Disputarei algumas provas de maratonas aquáticas. Depois disso finalizo a temporada de 2015 e terei alguns poucos dias de descanso", finaliza.

Wesley Matos faz parte do Projeto Rio Maior 2016, é patrocinado pela Asics e pela Unimed Fortaleza, tem parceria da Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri) e do Exército Brasileiro.

Acompanhe as novidades do triatleta também pelas redes sociais Facebook e Twitter @WesleyMatosTRI.

Wesley Colômbia

O forte calor de Cartagena foi o verdadeiro adversário de Wesley Matos durante a Copa Pan-Americana de Triathlon realizada no último domingo (18) na Colômbia. Com temperatura beirando os 40ºC, sensação térmica de 47º e umidade do ar em 90%, os triatletas sofreram em cada etapa da competição e muitos desistiram no meio do caminho - ou até antes - devido ao desgaste provocado pela alta temperatura. Apesar da adversidade, o cearense chegou em 6º colocado e foi um dos dez atletas que conseguiu cruzar a linha de chegada.

"A prova foi muito dura. Largamos perto das 10h da manhã, já fazia quase 40º. Aqui é o lugar mais quente que já conheci. No ciclismo muitos atletas já paravam passando mal pelo calor. Alguns desmaiaram e só 10 completaram a competição. Posso dizer, com toda certeza, que foi a prova que mais sofri na vida", relatou o triatleta.

Wesley liderou a etapa da natação e se manteve à frente também em boa parte do ciclismo, mas acabou sentindo mais o esforço na hora da corrida, que aconteceu perto do meio dia, horário mais quente da prova. "Parecia uma corrida em câmera lenta, porque todo mundo estava muito mais devagar do que o normal. Cheguei a estar muito próximo do primeiro na corrida, tinha perna para aguentar o ritmo, mas meu corpo já estava debilitado demais do calor. Estava tonto e com a vista escurecendo. Tive que diminuir o ritmo", disse, feliz por ter concluído a prova, como "sexto sobrevivente" e com a sensação de "dever cumprido".

Agora, depois da terceira prova na sequência em diferentes países, Wesley Matos retorna à Fortaleza onde se prepara para o próximo desafio em Buenos Aires, na Argentina, no dia 15 de novembro.

Wesley Matos faz parte do Projeto Rio Maior 2016, é patrocinado pela Asics e pela Unimed Fortaleza, tem parceria da Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri) e do Exército Brasileiro.

Acompanhe as novidades do triatleta também pelas redes sociais Facebook e Twitter @WesleyMatosTRI.

IMG-20151010-WA0001

Triatletas brasileiros, entre eles Wesley Matos, garantiram a medalha de ouro por equipe mista e medalha de prata por equipe masculina durante os Jogos Mundiais Militares, realizado na Coreia do Sul.

A prova do triathlon foi disputada na noite de sexta (9) pela equipe feminina e na madrugada de sábado (10) pela equipe masculina. Diogo Sclebin, Wesley Matos, Danilo Pimentel e Pâmella Oliveira garantiram o primeiro lugar para o Brasil por equipe mista, que considera a soma dos melhores tempos - três homens e uma mulher - por país.

"Foi muito emocionante ouvir o Hino do Brasil, ainda mais se tratando de uma prova militar. Fiquei feliz por ter papel importante na conquista das medalhas do Brasil", declarou Wesley.

No desempenho masculino, a equipe masculina garantiu ainda a medalha de prata para o país. "É uma prova muito forte, pois são os mesmos atletas que fazem o circuito mundial com a gente. Todos os atletas militares dos seus países", comentou o cearense.

No resultado individual, Wesley Matos foi o segundo melhor brasileiro na prova, ficando atrás apenas de Diogo Sclebin.

Medalhas

Somando todas as modalidades dos Jogos Mundiais Militares, o Brasil conquistou 84 medalhas, sendo 34 de ouro, 26 de prata e 24 de bronze, garantindo, assim, a terceira colocação no quadro geral de medalhas, ficando atrás da Rússia e da China. Mas, considerando a quantidade de medalhas de ouro, o Brasil sobe para a segunda colocação, já que conquistou duas medalhas de ouro a mais que a China.

Wesley Matos faz parte do Projeto Rio Maior 2016, é patrocinado pela Asics e pela Unimed Fortaleza, tem parceria da Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri) e do Exército Brasileiro.

Acompanhe as novidades do triatleta também pelas redes sociais Facebook e Twitter @WesleyMatosTRI.

IMG 8915

Na madrugada deste sábado (10), Wesley Matos e outros triatletas da Seleção Militar Brasileira disputam os Jogos Mundiais Militares em Mungyeong, na Coreia do Sul. A largada da prova masculina será à 1h da manhã (horário do Brasil; 13h hora local).

"Estão em jogo as medalhas no individual e por equipes. Além do individual, disputarei a medalha por equipe masculina (soma dos tempos dos 3 melhores atletas do país) e equipe mista (soma dos tempos da melhor mulher e dos 2 melhores homens)", explica o triatleta. Além de Wesley Matos, a equipe masculina de triathlon também é composta por Danilo Pimentel, Diogo Sclebin, Reinaldo Colucci, Bruno Matheus e Eduardo Lass.

No total, 127 triatletas de 27 países disputam a categoria masculina desta prova que acontece a cada quatro anos. A disputa promete ser dura já que vários destes atletas são figuras conhecidas do circuito mundial do triathlon. Entre os países mais fortes estão a Rússia e a França.

"Espero poder ajudar o Brasil a conquistar mais medalhas. Em 2011 nos últimos jogos, conquistei duas medalhas de prata. Aqui, mais importante que o resultado individual é trabalhar em equipe. São várias medalhas em jogo e a equipe que souber fazer um bom trabalho poderá conquistar bons resultados. Estou aqui para competir e representar o Brasil, farei o meu melhor em prol da equipe", declara Wesley.

Esta é a 6º edição dos Jogos Mundiais Militares e o Brasil está com a maior delegação dos países visitantes. Ao todo, 7 mil atletas de 117 países participam da competição que encerra no domingo. Em 2011, na 5ª edição dos jogos, o país foi, pela primeira vez, campeão do quadro de medalhas.

Wesley Matos faz parte do Projeto Rio Maior 2016, é patrocinado pela Asics e pela Unimed Fortaleza, tem parceria da Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri) e do Exército Brasileiro.

Acompanhe as novidades do triatleta também pelas redes sociais Facebook e Twitter @WesleyMatosTRI.

Wesley moto nova

O triatleta Wesley Matos estreou sua nova bike LiteSpeed, no último domingo (23), durante a Copa Brasil de Sprint Triathlon, com vitória. A bicicleta foi conseguida, em sua maior parte, através de uma campanha de crowdfunding esportivo feita pelo site Make a Champ, que contou com o apoio de vários amigos e até pessoas desconhecidas. "Gostaria de agradecer a todos que contribuíram, divulgaram e participaram de alguma forma da campanha. São pessoas como vocês que torcem de todas as formas, que me fazem querer chegar cada vez mais longe. Um grande atleta não se faz sozinho, ele é rodeado de grandes profissionais, amigos e torcedores. Obrigado!"

Devido ao alto custo de uma bike profissional e pela falta de apoio, o triatleta buscou ajuda no crowdfunding esportivo para conseguir arrecadar fundos que o ajudassem na compra de uma bicicleta nova. "Pois entre os vários custos diários que tenho com viagens, materiais, entre outros, surgiu a necessidade de trocar de bike e a campanha foi um verdadeiro sucesso, mostrando que muitas pessoas, além de incentivar, também participam de cada passo, e essa foi mais uma vitória", disse.

Segundo ele, a nova bike fez toda a diferença durante sua competição de estreia: "não senti as dores que eu sentia no abdômen, como com a outra bike e que eu já previa que era isso; acabava forçando demais a perna e estava sentindo aquelas dores abdominais. Eu achava que era da bike, mudei tudo e não estava resolvendo. Então a nova bike foi muito importante, resolveu, melhorou muito", afirmou.

Wesley também agradeceu aos seus amigos Walter e Thiago, responsáveis por ajudar em todo o processo de compra e importação da bicicleta.

Wesley Matos faz parte do Projeto Rio Maior 2016, é patrocinado pela Asics e pela Unimed Fortaleza, tem parceria da Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri) e do Exército Brasileiro.

Acompanhe as novidades do triatleta também pelas redes sociais Facebook e Twitter @WesleyMatosTRI.

Wesley CopaSprint Mundotri

*Foto: MundoTRI

Wesley Matos sagrou-se bi-campeão brasileiro de sprint triathlon ao vencer, neste domingo (23), a Copa Brasil de Sprint Triathlon em Vila Velha (ES). A prova foi realizada junto com o Triathlon do Exército, que em sua 30ª edição é a prova mais antiga da modalidade no Brasil.

"Eu já fui campeão brasileiro de sprint, então agora é o bi-campeonato e estou feliz. Pelas provas ruins que estavam acontecendo, eu sabia que era uma fase ruim e que eu tinha que melhorar e não podia entrar em prova nenhuma derrotado, eu nunca baixei a cabeça e hoje de manhã eu falei: 'eu vou mostrar que eu não sou esse que está sendo nas últimas provas', e, realmente, eu fiz justamente o que tinha falado, vim pra fazer muita força e o máximo que eu pudesse, nunca desacreditei na vitória e ela veio. Triathlon é assim, quando dá tudo certo, quando a sorte e a preparação se encontram, a vitória chega", comemorou.

Com um ritmo forte na natação, Wesley coseguiu dividir os grupos e foi o primeiro a sair das águas agitadas de Vila Velha. "Fiz a natação muito forte, saíram poucos atletas comigo e todo mundo bem dividido. Puxei a natação do começo ao fim. No começo da bike ficou um grupo de seis atletas na frente e a gente se revezou bastante fazendo força, porque atrás vinha um grupo principal e com mais atletas. Neste grupo de trás estava Diogo Sclebin, que é o atleta olímpico, Manuel Messias e vários atletas fortes na corrida e fortes na distância sprint, então a estratégia que eu montei deu certo e acabei fazendo uma ótima bike", relatou.

Aliás, a nova bike, que Wesley estreiou nesta prova e que foi conseguida em sua maior parte através da campanha de crowdfunding esportivo feita no Makeachamp, fez toda a diferença. "Me senti muito melhor pedalando [com a nova bike], apesar de não estar na posição correta ainda, mas já senti que vai me ajudar muito. Não senti as dores que eu sentia no abdômen, que a outra bike eu acabava forçando demais a perna. Então a bike foi muito importante, resolveu, melhorou muito", afirmou.

E o bom desempenho da prova continuou na fase da corrida, quando Wesley saiu também em ritmo forte e logo abriu distância do segundo colocado. "Então foi uma prova que eu ganhei de ponta a ponta, fiz uma ótima corrida e foi tudo bom. A competição aqui foi bem bacana, eu gosto de competir em Vila Velha, porque eu já morei aqui então tinha bastante torcida local, vários amigos meus estavam no percurso da prova", contou.

Wesley Matos faz parte do Projeto Rio Maior 2016, é patrocinado pela Asics e pela Unimed Fortaleza, tem parceria da Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri) e do Exército Brasileiro.

Acompanhe as novidades do triatleta também pelas redes sociais Facebook e Twitter @WesleyMatosTRI.

DSCF3948

A ilha de Mosqueiro, em Belém do Pará, é o próximo destino de Wesley Matos que participa, no próximo domingo (16), da 5ª etapa do Circuito Nacional Sesc Triathlon de 2015.

Essa não é a primeira vez que o triatleta compete na ilha. "Já competi duas vezes em Mosqueiro e nas duas vezes fui campeão por lá. Espero manter a tradição", diverte-se, recordando as vitórias em uma etapa do Sesc Triathlon e em uma Copa do Brasil em anos anteriores.

Apesar de as condições da prova serem aparentemente fáceis - natação em águas quentes e ciclismo e corrida em percursos planos -, o calor e a alta umidade do ar na capital paraense são as condições que tornarão a prova desgastante. O Sesc Triathlon será disputado na distância olímpica: 1.500 metros de natação; 40 quilômetros de ciclismo e mais 10 quilômetros de corrida.

"Estou focado nas próximas etapas das Copas do Mundo [de Triathlon] e não irei parar o treinamento para essa prova. Na próxima semana também farei mais uma competição que é o Triathlon do Exército, que acontece junto da Copa Brasil de Triathlon em Vila Velha, Espírito Santo", explica.

Wesley Matos faz parte do Projeto Rio Maior 2016, é patrocinado pela Asics e pela Unimed Fortaleza, tem parceria da Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri) e do Exército Brasileiro.

Acompanhe as novidades do triatleta também pelas redes sociais Facebook e Twitter @WesleyMatosTRI.

<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 Próximo > Fim >>
Página 2 de 6

facebook